Mas afinal o que é mediunidade? Eu sou médium? Tenho obrigação de trabalhar a mediunidade?

Atualizado: Jun 21

Mediunidade de forma simplificada é a comunicação entre humanos e o mundo espiritual, a comunicação entre pessoas e espíritos, energias e semelhantes.

É importante entender que a mediunidade não acontece apenas na religião Espírita, na Umbanda, no Candomblé, para praticantes de algo espiritualista ou ocultista e magista, todos somos médiuns e podemos ter manifestações maiores ou menores ao longo da vida.

Pode acontecer com qualquer pessoa, em qualquer religião ou mesmo fora delas. Não sendo escolhido credo, raça ou condição social.

A ideia da mediunidade é que ela seja harmônica assim como é os demais sentidos que temos: audição olfato, visão, paladar e etc.

No Brasil a mediunidade traz por cultura em várias crenças especialmente religiosas o ensinamento de dar de graça o que de graça recebe, mas em outros países isso não acontece igual, e tem a premissa de cobranças em trabalhos espirituais. Um exemplo de país com cultura diferente nisso é a Inglaterra.

A mediunidade precisa ser educada para ser direcionada a um objetivo e não atrapalhar a vida diária da pessoa. Porém, o médium pode optar por não atuar com a mesma em sua vida, e isso é exercer o livre arbítrio.

Quando existe algum desequilíbrio é indicado buscar alguém com conhecimento superior, como um mestre, pai de santo, padrinho, magista ou semelhante para orientação.

A forma de trabalhar é uma escolha de cada pessoa podendo ser através de filosofias, religiões, seitas, estudos, ocultismo e etc.

Existem diversas ciências que procuram comprovar e entender a mediunidade e diversos estudos nesse sentido também ocorrem.

Os principais tipos de mediunidades são:

Médiuns sensitivos: Estas pessoas são tão sensíveis que sentem a presença de espíritos, podendo reconhecer se são bons ou ruins e até mesmo suas características.

Médiuns com efeito físico: Estas pessoas produzem fenômenos paranormais de forma consciente ou inconsciente.

Médiuns clarividentes ou videntes: Conseguem enxergar claramente os espíritos através dos olhos da alma.

Médiuns audientes: São aqueles capazes de escutar os espíritos, sendo essa voz manifestada de forma interior ou exterior.

Médiuns da cura: São pessoas que possuem o grande dom da cura, através de um simples contato, ou olhar, sem passar nenhum medicamento ao enfermo. Este poder lhe é possível graças ao magnetismo.

Médiuns Psicofônicos (incorporação): Estas pessoas conseguem se conectar com o campo espiritual através do seu próprio espírito, cedendo sua voz para que as almas falem por seu intermédio.

Médiuns psicógrafos e suas derivações como pictografia - desenhos e pinturas: São responsáveis de transmitir o desejo e pensamento dos espíritos através da escrita, eles se dividem em três categorias que se distinguem de acordo com a sua forma de recebimento espiritual:

Os intuitivos: São médiuns que ao passar as mensagens dos espíritos psicografam de forma voluntária. Ele sabe o que está escrevendo, a alma do receptor recebe a mensagem do espírito e a transmite. O médium tem total consciência do que ele está redigindo, apesar de não ter controle do que será dito, há o domínio de suas ações e consciente. Os mecânicos: O movimento realizado na escrita não tem nenhum controle. A mão deste médium é totalmente dominada pelo espírito e ele age por sua vontade e por consequência ele também não possui consciência alguma do que está escrevendo ou acontecendo.

Médiuns Semimecânicos: São os mais comuns. Ele é uma mistura do médium mecânico e do intuitivo. Não possuem controle sobre o que estão escrevendo ou fazendo, nem de seus movimentos, mas possui consciência de tudo que está acontecendo.

Médiuns inspirados: Essa classificação é muito parecida com o do médium intuitivo, mas acontece que a pessoa recebe de forma espontânea uma mensagem do espírito e este se mistura aos seus próprios pensamentos e torna-se difícil de decifrá-los. Essas pessoas não são tão sensíveis para conseguirem se conectar como os outros, mas possuem a influência do mundo espiritual em sua vida.

E por fim a mais comum para tarólogos e oraculistas em geral que é o médium intuitivo: A mediunidade intuitiva é um conjunto de sugestões espirituais registradas pelo pensamento/sentimento do médium que é traduzido, interpretado e registrado por ele,, podendo ser uma impressão sobre algum lugar, alguém, algum acontecimento do presente, passado ou futuro.

O problema dos médiuns intuitivos é saberem fazer a distinção entre seus próprios pensamentos e os pensamentos oriundos dos espíritos. (Nisso os oráculos ajudam e muito). Com o tempo, entendendo melhor o mundo espiritual e praticando de forma consciente, vai ocorrendo uma melhor distinção e facilidade do uso das mediunidades.


Atendimento de Baralho Cigano e Tarot online - Taróloga Nathalia Andrade 41 -996554152

Baralho Cigano Brasil www.baralhociganobrasil.com.br


20 visualizações
rte-02.jpg

ATENDIMENTO

Área de Atendimento:

Todo o Brasil

INSTITUCIONAL

REDES SOCIAIS

FORMAS DE PAGAMENTO

2020 Baralho Cigano Todos os direitos reservados © 

  • whatsapp_%C3%83%C2%ADcone-04_edited
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube
  • tarot