top of page
Buscar

Tarot é charlatanismo?

O tarot é um sistema de adivinhação que tem sido usado por muitos séculos em várias culturas ao redor do mundo. Acredita-se que o tarot tenha se originado na Europa no século XV, embora alguns argumentos que suas raízes remontam ao Egito antigo.

O tarot é composto por um baralho de 78 cartas, divididas em dois grupos: os Arcanos Maiores e os Arcanos Menores. Os Arcanos Maiores consistem em 22 cartas que representam arquétipos universais, enquanto os Arcanos Menores incluem 56 cartas divididas em quatro naipes (copas, paus, espadas e ouros) que se assemelham ao baralho de jogar comum.


As cartas do tarot são usadas para ajudar a orientar as pessoas em suas vidas, fornecendo insights sobre suas experiências passadas, presentes e futuras.

Algumas pessoas acreditam que o tarot é um meio de comunicação com o mundo espiritual, enquanto outras veem o tarot como um meio de se conectar com sua própria intuição e sabedoria interior. E outras como eu acredito que é uma junção de autoconhecimento, resgate do que está no subconsciente e inconsciente e o místico.

Existem muitas variações diferentes de baralhos de tarot, cada um com seu próprio simbolismo e compreensão únicas.

Embora o tarot tenha sido criticado por alguns como uma forma de charlatanismo ou pseudociência, muitas pessoas encontram valor e significado pessoal em suas leituras de tarot.

O tarot também tem sido explorado em várias obras de arte, literatura e cinema ao longo dos anos, tornando-se uma parte duradoura da cultura popular.

O tarot está também muito relacionado a Psicanálise, como um instrumento do despertar para a análise terapêutica.

Gostou? Se inscreve no Curso e aprenda muito mais:

Comments


bottom of page